segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Sintonizados... (Quindetos)



I
Tu podes me sentir qual eu te sinto?
É só fechar os olhos devagar...
Sentir o sangue quente, puro e tinto,
correr por tuas veias; bombear
teu peito – coração – o meu recinto...

É fácil conseguir. Basta tentar!
Tu vais ficar feliz! Creias, não minto.
É algo bem melhor do que sonhar.
Deixar-se se entregar só por instinto...

Viver sem libertar o eu é nada!
É qual ficar desperta em madrugada
gastando a vida à toa e sem sentido!

Então me sinta qual te sinto agora!
A vida passa rápida lá fora!

Não te deixes viver sem teres sido...

II
Derrame a tua alma com firmeza!
Vivemos nesse mundo uma só vez.
É lei determinada com certeza
e tem as digitais de Quem a fez,
assim qual fez perfeita a natureza!

Então me sinta; sinta a minha tez
que sente a tua, a toca em singeleza...
Enxergo o teu sorrir com nitidez.
É qual fosse um Solzinho... Só beleza!

A tua Dimensão parece fria...
Vai ver porque de mim está vazia!
Permita-te seguir minha frequência...

Meu Chi é forte e posso dividir
contigo e meu amor em ti fluir
de fato, de verdade... Em permanência...

Ronaldo Rhusso







Nenhum comentário: