sábado, 27 de setembro de 2014

A DEUSA QUE VENDE LIVROS... (WHITE LIE)!



Essa “mentira branca” suja e infame
engana, vende livros e envergonha
com todo poderio dessa peçonha
e não resiste ao mínimo exame.

"Mentira branca" é qual leão que brame
e ataca os tolos pobres... Quem se oponha
encontra o vil julgar de mente inconha
que cai sobre o fiel qual fosse enxame.

Fará cem anos que desceu à cova
e os súditos farão a procissão
gastando seu dinheiro de montão!

É triste ver quem tem sobeja prova,
mas nessa idolatria se renova
trazendo sobre si só maldição.

Ronaldo Rhusso

Amira


Encantou-me, pequena, a sua voz
que parece fluir de outra fonte,
pois traduzes pra nós o erudito
qual quem fosse uma antiga alma sublime!

Sem saber que esse mundo é tão atroz
nos mostrou um belíssimo horizonte
onde o bem vence o mal no infinito
nessa voz que doçura e amor exprime...

Ao cantar para a mãe do Cristo homem
muita gente chorou  e não percebeu
que não foi mero acaso ou fantasia.

Sei que lágrimas à razão consomem
encobrindo o melhor que aconteceu,
pois Amira é anagrama de Maria!


Ronaldo Rhusso

Sei onde estou indo e estou no meu Caminho... *



Ao escutar alguém dizer: “-Errei!”
e vejo que demonstra em atitude
eu fico alegre e torço pra que mude.
Honestidade, eu juro: sempre amei!

Para a mentira há muito eu me fechei
e peço a D’us que sempre a mim ajude!
Eu vim fazendo aquilo que eu pude
para acertar em tudo o que errei.

Condenam-me porque não tenho medo
de assumir com fé e devoção
que não sou cego e ao mal eu digo: não!

Milhares me jogaram ao degredo,
mas hão de responder mais tarde ou cedo
por defenderem erros com paixão.


Ronaldo Rhusso


* Quase uma paráfrase do Raulzito.

Sério mesmo!

Quieta, guria! Não vês
Que o itinerário é confuso
E meu versejar é conciso,
Austero e, de fato, difuso?

A tranca atravanca o pensar
E o cio quem não viu vai chiar!

Destrava o pensar, eu lhe peço,
Pois essa Retranca não cabe
Seu ressentimento disperso...

Sou só um poeta cansado
E, de fato, um tanto estressado...

Ronaldo Rhusso

sábado, 13 de setembro de 2014

Poetrix


Lena...

Sorriso maduro
qual Sol em sua força
luzindo pra mim...

Ronaldo Rhusso

Duas cartas... (Julgado e Condenado)


Na primeira me avisam: " - Julgaremos
a sua atitude frente à Vida
porque nos incomoda sua investida
pela Verdade (embora nos neguemos

a ser honestos). Sim, esconderemos
os nossos erros, nossa falsa lida,
a nossa inveja, pois você sem brida
denunciou o mal, mas nós tememos".

Depois me chega às mãos segunda carta
na qual sou informado: " - Nós votamos
e seu comportamento abominamos

porque você é sério e, enfim, descarta
essa “mentira branca” que nos farta
e nisso nós jamais lhe perdoamos".


Ronaldo Rhusso


"Guarda-me como à menina do Teu olho; esconde-me debaixo da sombra das Tuas asas," ...  Salmos 17 : 8

"Ah! Sião! Escapa, tu, que habitas com a filha de Babilônia... ; porque aquele que tocar em vós toca na menina do Seu olho".  Zacarias 2: 7 e 8.


Entrementes...

Oh! Tu que me sustentas com carinho,
eu sei que não sou digno, reconheço,
de Teu Amor, cuidado e tanto apreço!
Contigo não me sinto aquém, sozinho...

Às vezes me é íngreme o caminho
e rápido desse meu eu, sim, desço
pro meu primeiro amor, pro meu começo,
quando na fé eu era um menininho.

Então encontro a força invisível
que o néscio desconhece e até suspeita...
Não prova e com soberba, enfim, rejeita.

Agora mesmo eu toco em Ti! Incrível!
Eu sinto essa alegria indizível
que faz minh’alma em júbilo refeita!

Ronaldo Rhusso

UM QUINDETO

Juntos...

Trafegas em minh’alma, mente ativa,
em simples pensamentos, mas gentis.
Nos quais és a figura sempre altiva
no porte e na beleza dos quadris
que fazem-me chamar-te: louca diva!

Tu lembras quantas noites eu te quis
pra ter tua atenção toda, exclusiva?
Eu sem palavras, tolo, mas feliz
fruía tua tez nada passiva.

Ficamos mais maduros, pouco a pouco,
enquanto eu me sentia, assim, mais louco
por teu carinho e olhar apaixonado.

Completos, um no outro, nos amamos
olhando para frente, crentes, vamos


sonhando co’esse amor eternizado...

Ronaldo Rhusso

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Poeta é você!


Não quero o desencanto de uma rosa
que, triste, morre seca em vaso d’ouro.
Não quero ser guardado qual tesouro
a sete chaves, sina desastrosa...

Não quero ser aquele bardo prosa
a versejar qual ave em mau agouro.
Prefiro, do trovão, ouvir o estouro
do que o elogio de mente vã, airosa...

É tão meridiano o olhar dela!
Perscruta minha alma por um lado,
mas noutro brilha assim desconfiado...

Por que ela se esconde nessa cela
dentro de si, se é jovem e tão bela?
Seus textos me superam um bocado...


Ronaldo Rhusso

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

E amo!



Eis que, novamente, eu me vejo
em tua retranca gostosa!
As tíbias enlaçam-me, céus!
Sou teu retrancado e hei-me prosa!


Teus olhos grudados em mim...
É céu demais! Não tem fim.


Não cansas! Que bom! É mister.
O tempo e o espaço inexistem
em teu retrancar de mulher...

Desejo-te mais um bocado
e hei-me feliz, retrancado...

Ronaldo Rhusso

Essa sina...



Prosseguem os poetas com palavras enfeitadas
deitadas sem acaso pela argila ou pó da vida...
Transformam o que era feio, o que era imensidão de enfados
em molhos de quimeras, molhos que a viver convidam.

Deturpam dores todas, agem qual mal fosse nada,
flertando com o dia esses poetas são bem vindos
em frágeis corações quebrados, tintos, rejeitados
que pensam nos poetas como solução pra lida!

Mas esses tolos dados a mexer com as palavras
são pó, também, e sofrem com a merda desse mundo!
Abraçam, sem querer, a dor de outrem, o mal infindo...

Não podem esquivar-se de dizer toda a verdade.
Lamentam cada morte, mas entendem ser absurdo,
pois a maior desgraça para o ser é ter nascido...

Ronaldo Rhusso

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

TEM-CO-CAÍ-NA-GE-LA-DEI-RA!!!!



“ - TEM-CO-CAÍ-NA-GE-LA-DEI-RA”!!!!!

É o que grita o irmão todo afobado.
Viciado na carne batizada!
Carboneto? Oh! No Hidro enfumaçada;
no respingo do sangue, mal passado...

É domingo! É o dia consagrado
a se dar aos prazeres que degrada,
do Espírito Santo, a morada,
mas a Graça o mantém despreocupado.

Quem é deus pra meter-se nessa farra?
Afinal, de manhã, foi dada a esmola
no momento e depois daquela escola!

Eu lembrei o Gregório e sua marra!
Ouriçado e tocando a guitarra
porque droga de crente é Coca-Cola...

Ronaldo Rhusso