terça-feira, 6 de setembro de 2011

Diálogo com Marcos Loures II - A Dominação!



Meu amigo, o teu grito é um alerta
E me ponho ao dispor para atender
O que o Santo e bom Deus puder fazer
Ao usar-me, instrumento que desperta!

Amigo, oh, eu percebo a hora certa
Para dar testemunho, e com prazer
De que sei muito bem desse doer,
Mas eu lembro: Eis, de Deus, a porta aberta!

A minha prece é forte ombro, amigo!
O meu orar apela ao Soberano:
“Tem piedade, ó Senhor! Sei, tens um plano.

Eu te rogo a mercê que é forte abrigo
E, oh, livras, suplico, do perigo
Meu amigo de todo e qualquer dano”!

Ronaldo Rhusso

Por vezes nossa vida se transforma
E as bases que julgara firmes são
Apenas arremedos da ilusão,
Tomando num instante nova forma,

Ouvir a tua voz já me conforma,
Saber que inda existe solução,
Em Deus, feito no Amor e no Perdão,
Ousando na esperança, nobre norma.

Escuto a tua voz, meu companheiro
De tantas e difíceis caminhadas,
Promessas de outras claras alvoradas,

Cevando com nobreza este canteiro,
Aonde em florescência a vida brota
Mudando num momento a antiga rota.

Marcos Loures

Poder nos vem do Alto e regozijo
Pela dádiva nobre e eficaz
Concedida pra nós: Augusta paz
Que é tépido e lindo esconderijo!

Ah! Eu corro pra Ele, eu me dirijo
Na certeza da força que me faz
Pressentir que podemos muito mais
Nesse Amor que é Rocha, é forte, é rijo...
Quando eu olho o passado e vejo tudo
Que Ele fez... Nem mereço, eu fico mudo!
Então penso melhor na florescência

Dessa aurora necessária para a vida
Que pro fraco e cansado é a guarida
Mas que chamo de Amor, a pura essência!

Ronaldo Rhusso

Unidos pela fé que nos permite
Vencer quaisquer batalhas vida afora,
A força divinal nos revigora
E não conhece- eu sei- nenhum limite.

E quando nesta glória se acredite,
Em meio às vis borrascas já se ancora
Com toda mansidão e sem demora,
No Amor que nos liberta e não se omite.

Seguimos pela vida sem temores,
Embora tantas vezes mortas flores
Expressem um futuro tão instável,

Fazendo do perdão nossa bandeira
Prepara-se de fato, a vida inteira,
Terreno para a Glória, em paz arável.

Marcos Loures

Perdão é o pendão que me interessa
E sei que tem mão dupla e liberta;
Ele age no pecado qual coberta
Que sana o frio da dor com muita pressa!

A força divinal pra quem confessa
O erro cometido, eis, acoberta
E traz real conforto em hora certa.
A quem interessar: a hora é essa!

Abrir o coração ao Criador
É só para os fortes e valentes,
Pois sorvem grande Amor vindo em torrentes!

A Glória que procuro, e com ardor,
Não faz escolha entre classe ou cor
Mas acha-se aberta a todos entes!

Ronaldo Rhusso

Quem conhece a verdade libertária
Jamais se negará enquanto a vida
Às vezes parecendo sem saída
Encontra a palavra solidária.

Ainda sendo a sorte procelária,
O Amor feito em louvor logo lapida
Na Glória uma certeza construída
Trazendo em noite escura, a luminária.

No Deus eterno e vivo, persistimos,
E mesmo quando a vida trama os limos,
Nesta esperança além teimo e persisto.

E tendo como Pai e nobre Irmão,
Abrindo sem fronteira o coração,
Sabendo a perfeição em Jesus Cristo

Marcos Loures

A Verdade liberta e traz a cura
Para a alma, pro corpo e para a mente.
Eu bebo dessa Fonte e é contente
Que afirmo: é a mais límpida e pura!

A noite nunca mais fica escura
Se temos Essa Luz resplandecente
Mostrando que se torna diferente
A alma que em louvor vive segura!

O persistir nAquele que é Eterno
É a sabedoria que me importa
Pois mostra que a esperança nunca é morta.

Mas nesse mundo louco e tão moderno
Prefere-se a frieza desse Inverno
Do que todo Esse Amor que Ele comporta!

Ronaldo Rhusso

Porém enquanto houver alguma luz
Que venha nos guiar a cada dia,
Do túnel a saída se veria
E ao todo cada facho nos conduz.

Não falo e nem percebo mais a cruz,
A liberdade traça em galhardia
O sonho que domina a poesia,
Pois nela está presente o Bom Jesus.

Após o duro inverno, a primavera,
E a vida noutro instante regenera
Transforma toda a neve em flórea senda,

Ergamos nossas preces e orações
Unindo vozes, versos e emoções,
E assim novo verão, amor desvenda..

Marcos Loures

Certeza dessa Luz é maravilha!
A guia para vida é importante
E torna a lida tão menos massante
Que vemos bem melhor a melhor trilha!

Jesus, por certo, não quer-nos qual ilha
Das gentes e de tudo tão distante,
Pois quer nos ver trilhando o triufante
Percurso de mãos dadas. Isso brilha!

As Estações do ano Ele atenua
E traz ar fresco em tórrido Verão
Ou no Inverno aquece o coração...

Apraz a Ele ver a alma nua
Despida do pudor que se insinua
E alça a voz em plena gratidão!

Ronaldo Rhusso

Jesus que é feito Verbo, meta e luz,
Farol desta existência que buscamos,
Um mundo sem escravos, donos e amos,
No Amor que mansamente nos conduz.

Levando para o Eterno em rara Glória,
Unindo nossos passos num só passo,
Num tempo aonde o todo é mais escasso,
Somente com o Pai temos Vitória.

A vida nos ensina com espinhos,
Porém é necessário o caminhar
E tendo algum motivo p’ra sonhar
Fazendo de esperanças nossos ninhos.

E acima de qualquer canto ou louvor,
O agir co’a imensidão do pleno Amor.

Marcos Loures

O Verbo fez-Se carne e foi por mim!
Em minha vida é fúlgido farol
Que da Justiça é ímpar, belo Sol
A mostrar o Caminho certo, enfim!

Derramou o Seu sangue carmesim
Para cobrir pecados qual lençol.
Os meus, confesso, é grande e triste o rol,
Mas Ele sussurrou pra mim assim:

“ - Querido, Eu te conheço. Sei tua lida!
E a esse teu amigo talentoso
Eu vejo com olhar terno e orgulhoso!

Artista como ele tem guarida!
Por ele sim sofri grande ferida
E com todo esse amor fico animoso”!

Ronaldo Rhusso

Amar sem ter limites nem medidas
A vida nos ensina, companheiro,
E sei do quanto o canto é verdadeiro
E traz em seus acordes nossas vidas.

E tanto em poesia tu dividas
Gerando muito além de algum canteiro,
Num templo aonde possa este luzeiro
Traçar as alegrias presumidas.

O dom que tu carregas, divinal,
Expressa o ser além do racional
Cuja emoção se espalha no arrebol,

E eu qual fosse apenas mera lua
Reflito o que minha alma ora cultua
Bebendo a claridade de ti: Sol!

Marcos Loures

Limites para que se o amor é tudo?
Medidas não lhe cabem, todavia,
Havia um tempo bom que noite e dia
O Dom supremo era mais que escudo...

Às vezes penso “Deus, ficaste mudo”?
Mas ele me responde: “Rebeldia
É o mal que à minha voz até desvia”!
E assim mais me dedico ao Seu estudo...


Ainda há esperança na poesia,
Pois ela brilha mesmo que tardia
E bebe dessa Fonte luzidia.

Trazendo lindo encanto e quem diria?
Concede para o Amor a primazia
Tocando o coração que não sentia...

Ronaldo Rhusso


Reflete sobre tudo esta certeza
De um Ser que sendo essência gera e doma
E mesmo quando a vida nega a soma,
Sublime maravilha põe a mesa.

A vida presumindo a Natureza
Daquele que em verdade em paz nos toma,
E jamais se escondendo em vã redoma
Eclode a cada dia em tal beleza.

Num átimo mergulho no infinito,
E tendo muito mais que necessito,
Agradecendo ao Pai cada momento.

O mundo desenhado em harmonia
O tanto quanto trama em alegria
Trazendo a quem padece um raro alento...

Marcos Loures

Ah! Ele Causador da própria vida,
Certeza do cuidado sempiterno,
Derrama sobre nós poder superno
E põe no mal a certa e forte brida!

A Sua natureza é tão querida
Por mim e por quem não vê no externo
Razão que justifique ódio moderno;
Reparte cada bênção concedida.

Amigo, a rapidez que Ele mergulha
Em busca da ovelha desgarrada
É algo incomparável e enfada

Àquele que perdido,  qual agulha
No palheiro da vida, sofre, arrulha
E a dor não Lhe entrega... Alma coitada...

Ronaldo Rhusso


DUETO
-
Ronaldo Russo e Marcos Loures dão
um mostruário da categoria
a que pode elevar-se a Poesia
a ser lida em voz alta e escansão
-
Exemplar espetáculo de união
faz-me sonhar que este país um dia
poderá se livrar da arritmia
da ganância, do orgulho e da ambição
-
que descaminham muitos para o crime;
pondo fé e esperança em cada verso
não dão espaço algum para o Perverso,
-
na exaltação dAquele que redime.
Fiel aos temas que o dueto traça
sou grato a Deus por tão excelsa graça.
-
Diógenes Pereira De Araújo

Um comentário:

Marcos Loures disse...

é um enorme prazer escrever contigo meu querido irmão beijos na alma