sexta-feira, 1 de março de 2013

pra não dizer que não falei das flores... Por Andre Brum (Bruno)

Os poucos, mas fiéis leitores que me concedem a indulgência de ler meus textos, devem estar estranhando a mudança, cada vez mais radical.
Cansei de ficar exaltando as flores e o arco-íris, vivendo num mundo cor de rosa, enquanto a instituição famíliar e toda a nossa organização social desmorona nas nossas cabeças. Eu não sou mais um fanático teórico da conspiração, mas sou obrigado a admitir (assim como a gente é obrigado a admitir que existe uma parede de concreto à nossa frente, quando existe uma parede de concreto à nossa frente), sou obrigado a admitir que encontra-se em plena execução um plano articulado para destruir a organização da família brasileira como a conhecemos.
O comportamento da nossa juventude é cada vez mais bizarro e ninguém parece se aperceber disso.  Aliás, o lixo que é exibido nas novelas, reality shows e em toda a programação brasileira, parece surtir o efeito de amortecer a mente das pessoas, tornando-as apáticas e insensíveis, incapazes de perceber a total ruína social que estamos vivenciando.
Aqui nesse site, temos advogados, professores, juristas, policiais, mães e pais... pessoas que se orgulham em preservar a cultura.   Porém, cultura agora é “NOVINHA DO BUCETÃO” (não se escandalizem com a terminologia, isso é uma letra de música protegida pela lei aprovada pela ALERJ em setembro de 2008, pelo eminente
Deputado Marcelo Freixo e outros,  que torna o funk uma expressão cultural).   Se alguém se escandalizou com o termo é por que ainda não viu o que as CRIANÇAS fazem no youtube, ao ritmo dessas letras imorais.
Portanto, não podemos ficar aqui apenas falando das flores.  Nós, que  nos orgulhamos de ainda poder pensar, temos que tomar uma atitude antes que seja tarde.
Eu pretendo escrever uma carta  ao meu Senador da República, sugerindo que a questão seja analisada pelo Congresso.
Afinal, eles foram os únicos que deram a cara à tapa para impedir que o Ministério da Educação (que não considera normal uma família constituida por pai "homem" e mãe "mulher", criansse uma cartilha ensinando às nossas crianças do ensino fundamental que um adolescente bi-sexual, tem duas vezes mais chance de ser feliz "ipsis litteris").
Os defensores alegam que o funk é som de “preto e de favelado”.   Eu não vejo isso.  Funk, até onde eu percebi, é o som de uma juventude sem educação, sem orientação familiar, sem cultura, sem limites, sem nada na cabeça e com os bolsos cheios de entorpecente.
Será que eu sou o único que acha um completo absurdo uma menina de doze anos de idade ir para um baile funk de mini-saia e sem calcinha?  Isso não é crime?  Os pais dessa pobre criatura não teriam que perder a guarda dela?  Que futuro ela tem?  Que futuro tem a nossa sociedade?
Eu sou louco?

Essa, provavelmente, foi a minha última postagem...



Segue meu comentário a esse texto no Site de Poesias:



Resposta ao Bruno que escreveu um
texto para lá de depois de relevante
e agora quer parar:

Se foi a última postagem vai
soar como uma pedra atirada
em uma vidraça mais o som
dos passos rápidos em correria
daquele que a atirou!

Cada linha escrita está corretíssima!

Eu mesmo gostaria de ter escrito
um texto assim e pode ser que
já tenha escrito e postado por aí
na grande rede!

O que precisamnos, como formadores
de opinião, é tomar vergonha na cara
e arregaçarmos as mangas a fim de
dar um basta nessa podridão!

Não existe Teoria da Conspiração!

Existe, sim, uma Conspiração que
já não assusta mais a sociedade!

Estão amortecidos e ocupados em
apertar os botões dos controles
remotos de suas TVs enormes,
a fim de aprenderem a cada dia
o que devem pensar, comer, vestir
(ou nem vestir, pois é uma façanha
aplaudida estar com a genitália
desimpedida de ser desfrutada
como se fosse lixo desfrutável),
beber...

Querido, nosso Brasil está
dominado pelo Diabo e as
pessoas teem pudor em falar
isso, pois creem que falar acerca
disso é demodê e ridículo, já
que o mundo novo não crê mais
nessa bobagem como faziam
na Idade Média!

Para mim o maior golpe de
Satanás foi conseguir que as
pessoas não acreditem em
sua miserável existência!

Jesus está voltando!

Queiram ou não!
Estejam preparados ou não!

A Nova Ordem Mundial é fato
e também é profética, visto
que já estava escrito que o
Oitavo Rei (Vide Apocalipse 17
que aponta o final dos
tempos e mostra - como nós
Remanescentes cremos há décadas
que o sétimo papa a partir de
1929, quando Mussolini deu
o território do Vaticano para
a Igreja Romana, não duraria
muito tempo, o que se confirmou
recentemente com a saída
de Bento XVI o sétimo),
lideraria, ele o oitavo rei (papa)
essa catástrofe até seu final!

O Amargedom é o território
da mente!

Esse é o verdadeiro Campo de
Megido (de batalha).

Enquanto não se toma a
providência mais sábia que é
entregar a mente para os
reclames do Espírito Santo
(Esse é outro que está desacreditado
e já espalham entre os professos
Cristãos que não é D'us e que
nem, sequer, existe).

Senadores não darão jeito!

Está tudo dominado!

Você escolhe quem vai
comandar a sua mente!

Grite, amigo!
Não se renda!

Divulgue em Blogues
e onde mais lhe der
espaço!

Não pare!

Amadureceu?

Então alimente os incautos,
ou apodreça!

Shalom desde Sião!
 



 

2 comentários:

Ineifran varão disse...

Não há mais palavras para comentar, caro poeta Ronaldo, tudo já foi dito, muito bem dito e bendito. Só há uma coisa a escrever, da minha parte, a repugnância a esse estado de coisas aberrantes, alardeado a cada dia pela mídia famigerada por sucesso, embora sórdido, que incentiva e ressalta o malfeito, o feio, o depravado, o imoral, como sendo uma simples questão de modernidade. Chega pra não encher o saco, porque tudo já foi dito, como falei. Desabafei... Abaixo a imoralidade e a falta de escrúpulo, a má educação e o apoio das 'autoridades' imbecis e mal formadas, que pouco ou nada estão ligando para o que vão deixar para seus 'pobres' descendentes.

Ineifran varão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.