sábado, 19 de julho de 2014

Pra você...




Eu acordei com saudade de você.
Dos olhinhos tão brilhantes e sinceros;
dos carinhos em palavras e os esmeros...
Você sempre me amou sem ter por quê
e eu percebo: é no amor que tanto crê
que percorre em meio à vida complicada,
sem deixar que aquela lágrima vazada
escureça o coração nesse seu peito
que carrega o sentir bem sem preconceito
e nem sabe que por mim é muito amada...

Ronaldo Rhusso

2 comentários:

Mariaw Walraven disse...

Muito lindo este sentimento leve, descrito pela e com emoção.

Nilza Aparecida disse...

A forma sempre em evolução!